Pomerode
O ano inteiro

190 mil pessoas passaram pelo evento!

Quarta-Feira, 30 de Março - A Osterfest encerrou a oitava edição com recorde de público: 190 mil pessoas passaram pelo evento durante os cinco finais de semana, o que gerou um faturamento de R$ 15 milhões para diversos setores, segundo estimativa da Associação Visite Pomerode (Avip), responsável pela festa. Como consequência do crescimento inesperado, a cidade de 31 mil habitantes precisou aprender a conviver com algumas dificuldades, como problemas de trânsito, filas em restaurantes e falta de combustível em postos de gasolina.

O município chegou a receber 25 mil visitantes – o que equivale a 80% do total de habitantes – no segundo e terceiro domingos do festival. Para o secretário de Turismo Marcos Küster, administrar os efeitos do evento que viu o público aumentar mais de 30% em um ano – em 2015 foram 143 mil e em 2014, 60 mil – é a grande tarefa da equipe de organização:

– Quanto mais visitantes, um pouco mais de transtorno trazemos ao município, por ser uma cidade pacata. Conseguir conciliar uma festa dessa envergadura com o dia a dia de Pomerode é o grande desafio.

Küster projeta que o número de visitantes cresça novamente no próximo ano, mas o momento agora é de qualificar a feira que ganhou repercussão nacional no programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo. A integrante da organização Rejane Koch Goede detecta a necessidade da implantação de mais banheiros, pontos de comida e estacionamentos.

– A ideia é profissionalizar mais a festa e dar uma qualidade maior ao turista – garante Deoclides Corrêa, presidente da (Avip).

O dono do restaurante da Schornstein, Michael Geiger, garante que o faturamento nos finais de semana aumentou entre 40% e 50%. A consequência foi a falta de alguns chopes e cervejas. Por outro lado, ele precisou aumentar a equipe para atender os visitantes: contratou um ajudante para o bar e outro para o caixa, além de mais dois garçons.

O vendedor Milton Koniel – que há 12 anos trabalha em uma banca de produtos coloniais – também observou o aumento no fluxo de visitantes na cidade. O faturamento da banca teve um aumento de até 20%.

– No primeiro fim de semana fomos surpreendidos, mas nos preparamos para atender bem o cliente nos outros – lembrou.

Mesmo com o aumento no público, a Osterfest não deve ser levada ao Parque Municipal de Eventos, onde ocorre a Festa Pomerana. A ideia é mantê-la no Centro Cultural de Pomerode. O presidente da Associação Visite Pomerode, Deoclides Corrêa, defende que quando um evento é trocado de lugar aumentam as chances de fracasso. Além disso, no atual local há a possibilidade de o turista visitar facilmente o zoológico, comércios do Centro, restaurantes e cervejarias.

É a primeira vez que a família do empresário Nando Serpa, 33 anos, visitou a festa. Natural de Bombinhas, Serpa avalia que a organização do evento é o grande diferencial que o fará voltar à cidade. Capricho e educação do povo mais alemão do Brasil conquistaram a família.

– Notei a organização na entrada do município, com a presença de policiais. É um padrão diferente de tratar o turista – elogiou.

Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS
Fonte: clicrbs

AGENDA DE EVENTOS

10/01/2018

35ª Festa Pomerana

Festa Pomerana - Várias atrações esperam por você na Festa mais Alemã do Brasil! 

03/2018

Osterfest

Em março/abril, a cidade mais alemã do Brasil veste um colorido todo especial para celebrar as mais genuínas tradições pascoais dos imigrantes alemães.

07/2018

Festival Gastronômico

O festival gastronomico se destaca em razão de seus acolhedores restaurantes e farta culinária típica.